Cheyne-Stokes

Tipo de respiração que se caracteriza por mudanças de ritmo na intensidade respiratória: apresenta-se um período de apnea mais ou menos longo seguido por uma série de respirações que vão aumentando de amplitude e outra série de respirações de amplitude decrescente até um novo período de apnea, que pode durar de 10 a 40 segundos. Pensa-se que esteja relacionado com uma irrigação deficiente do centro respiratório. Este tipo de respiração é observado em situações de agonia, coma urémico, insuficiência cardíaca e hipertensão endocraniana.